Uma vez você, uma vez eu - Diego Martello (resenha)

                                                                    
Autor: Diego Martello
Editora: Novo Século
Número de páginas: 181
Ano: 2015
                                                                  
SINOPSE: "Uma provocativa viagem ao íntimo de cada um."
Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar e não consegue, o que frusta o casal.A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos.Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles.Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.
                                                                    
RESENHA: Logo no inicio nos vemos de cara com o drama vivido por Willian, sua esposa sem conseguir engravidar e o afastamento de seu pai. Willian é um homem frio, calculista, o qual sente mais do que demonsta, e mesmo assim, luta para não sentir.
O livro em si não conta muita história, a maior parte se passa na mente de Willian, descrevendo seus pensamentos, apesar disso, podemos perceber claramente o amadurecimento do protagonista.
Ao se deparar com uma situação inesperada na qual ativará todos os seus sentimentos mais guardados e o deixará sem chão, Willian resolve mudar. Logo, descobrindo que as coisas não eram do jeito que ele havia imaginado.
A mesma situação acontece outra vez, o autor nos leva a acreditar em algo, quando na verdade, não é bem aquilo. Com uma escrita leve e que prende o leitor, nós conseguimos sentir perfeitamente o que Willian sente, ficamos felizes, triste, choramos... Tudo o que um bom livro faz com a gente!
O livro é dividido em somente cinco capítulos e o último, no final, realmente surpreende o leitor. Não é nada do que nós imaginávamos, o livro não é nem um pouco previsível e nos deixa boquiabertos toda hora!
Quem me acompanha no Instagram, viu que eu postei duas fotos do livro. Uma com uma carta assinada por Marcos e essa outra, com o relógio. Ambas coisas têm significado muito importante na história. As cartas, são de Marcos, pai de Willian para os membros da empresa D&D, na intenção de lembrá-los dos momentos vividos juntos, mas isso surge outro efeito, faz Willian se lembrar dos momentos vividos com o pai, momentos que ele no fundo sente saudade, mas que tamém, tem medo de tentar viver outros parecidos. Como tem na própria sinopse do livro, Willian e o pai não se dão. Já o relógio é mais usado no sentido figurado, Willian se refere aos ponteiros o tempo todo, usa da metáfora para nos passar conhecimentos.
Infelizmente, não posso contar da história em si pois estaria dando o maior spoiler de todos, quem leu sabe do que eu estou falando.
Como se passa na mente de Willian e nos mostra todos os sentimentos dele, o livro trás vários ensinamentos baseados nos erros do personagem. Desisti da ideia de colocar post-its nas melhores frases logo no inicio por causa disso, são muitos ensinamentos, muitas frases bem elaboradas.. Eu iria marcar o livro todo!! hahaha
Com certeza mudei minha ideia sobre a vida, sobre alguns temas.

SOBRE A EDIÇÃO: A capa, como vocês podem ter visto, mostra a forma de um rosto e dentro dela, uma pessoa. Ao meu entendimento, o rosto é de Willian e dentro, fica os seus pensamentos, fica um Willian diferente do que é demonstrado, um Willian que no final se revelará. O material da capa é papel, mas é um mais durinho, ajudando na duração do livro. As páginas são bem pouquinho amareladas, e feitas de um material bom, folhas Pólen Soft (aquelas não tão finas, não tão duras hahaha). Não consegui achar nenhum erro de digitação notável, realmente, o trabalho dessa editora é impecável.

EM UMA FRASE: Terminei a leitura com vários ensinamentos que levarei para a vida toda. 
                                                                   
NOTA

3 comentários:

  1. Não conhecia esse livro.
    Gosto de dramas d família.
    Gostei da resenha

    Tenha uma boa semana
    Beijos
    http://doceestante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gosto desses livros que nos fazem refletir e pensar bastante. Amei a resenha.

    ResponderExcluir
  3. Esse não é o meu tipo de livro favorito, mas a sua resenha foi fantástica.

    ResponderExcluir