[RESENHA] A verdade sobre nós - Amanda Grace

CARACTERÍSTICAS DO LIVRO

EDIÇÃO: 1
IDIOMA: Português
ANO: 2014
EDITORA: Intrínseca
NÚMERO DE PÁGINAS: 208
ACABAMENTO: Brochura
TÍTULO ORIGINAL: The truth about you and me
ISBN: 9788580575378
 SINOPSE: Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona.

       
O livro todo é uma carta de Madelyn contando como tudo aconteceu. Entramos em contato diretamente com os sentimentos da garota, sentimos o que ela sentiu, torcemos por ela. 
        Maddie vivia sob pressão. Sua mãe com uma vida "perfeita", estudou, se formou, tem o emprego dos sonhos e uma família completa. Seu pai, um frustrado. Por não ter se dedicado tanto quanto queria, acabou se tornando professor de educação física.  Ambos a pressionavam para ser o "tipo perfeito" de filha, que só tira A na escola. Os pais da garota já tinham um futuro imaginado pela mesma, com a faculdade e o curso em mente, só esqueciam de saber uma coisa, Maddie queria aquilo?
       Seu irmão era o orgulho da família, o que fazia ter mais pressão sobre a garota.
"É difícil decidir o que quer ser quando você só se destaca naquilo que não quer ser." 
       Ao pular dois anos do ensino médio, com o programa Running stars, Madelyn começa a estudar na faculdade Green River Community College, com apenas dezesseis anos. Lá ela conheceu Katie, sua única amiga, e o professor de biologia Bennet, mal sabia ela o que iria acontecer.. 
      Por um acaso do destino, em uma caminhada de sábado, a garota acaba se esbarrando com Bennet. Eles acabam caminhando juntos e conversando informalmente, sem estarem nas posições de professor e aluna.  Maddie sentia uma atração forte por ele, sentia que ao lado dele poderia ser ela mesma, não um robô como estava acostumada. O problema de tudo era que além de Bennet ser seu professor, ele tinha vinte e cinco anos e ela, dezesseis. Bennet não sabia disso, como todos os outros alunos da faculdade, imaginava que a garota estivesse na média de idade, dezoito ou dezenove anos.
      Os dias vão passando e eles se envolvendo cada vez mais. Só que não podiam ficar juntos por causa da posição de poder de Bennet, foi aí que eles resolveram que no dia treze de dezembro, ao encerrar o semestre, iriam se beijar pela primeira vez. E seria nesse dia que Maddie iria revelar a sua idade.
"Garotas inteligentes não deveriam fazer coisas estúpidas."
 
      Ao longo da história vemos o amadurecimento de Madelyn, a garota deixa de ser como um robô, que faz tudo corretamente, aceita ordens e nunca impor sua opinião. Maddie passa a mentir para os pais e como ela sempre fora uma adolescente perfeita, eles não desconfiavam quando ela dizia que iria estudar. 
       Como toda mentira um dia é descoberta, o inevitável acontece. 

***

       Bom gente, só posso falar que esse final me destruiu. A autora não super romantizou ou criou coisas fantasiosas, ela apenas mostra a realidade. A dura e cruel realidade. Nos faz perceber que a verdade sempre vence, mas que as vezes, somos egoístas. Pensamos no melhor para nós mesmos e nos esquecemos de pensar nas consequências que os outros irão sofrer. Não tem como não ficar triste por Maddie, nós nos apegamos muito na história. 
       Como o livro é contado em cartas da garota, fica aquele mistério. "O que será que aconteceu para ela estar assim?" 
       Foi uma leitura bem rápida, o enredo nos prende. Gostei bastante da forma natural como as coisas foram surgindo, nada foi forçado. 

***


 

19 comentários:

  1. uau!! Amei a resenha,um livro que realmente nos coloca pra pensar.
    seu blog é lindo!! já seguindo vc.Sempre estarei por aqui.
    obrigada por comentar.
    beijos!!!]
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiee! Não conhecia esse livro, mas gostei do enredo, acho que a protagonista tem um pouco de nós, já que tomos mundo sofre pressão na vida e o fato da autora ser mais realista me agrada. Quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia o livro e até achei a premissa interessante mas o fato de ser contado em cartas me desanima um pouco, parece que fica meio chato em algum momento. Mas gostei da sua dica e de saber a sua opinião sobre a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Gente, eu não sabia dessa diferença de idade. Como amo uma polêmica, com certeza vou ler sim
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  5. Menina, eu adoro livro que me destrói. Sempre fico balançada pra comprar esse livro, mas acabo deixando de lado. Depois de ler sua resenha vou comprar.

    ResponderExcluir
  6. Oiii tudo bem?
    Esse realmente parece ser um livro bastante lindo e emocionante, não pensaria duas vezes a não ser querer ler, sua resenha ficou ótima flor.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu confesso que sempre penso muito nas questões éticas que envolvem a relação entre professor e aluno, que é algo muito sério. Sou professora, por isso não posso deixar de frisar isso. Espero que a narrativa leve o leitor a refletir sobre isso, para além do romance.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu amei sua resenha 😍
    Já faz um tempo que namoro esse livro, mas sempre acabo comprando outro no lugar.
    Com certeza ele será o próximo, sua opinião me deixou encantada com o livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a obra, mas a premissa me interessou bastante e fato de ser em cartas me deixa muito interessado. Amo quando os enredos mostram o crescimento, amadurecimento da protagonista. A capa está hiper fofa! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Apesar de gostar de finais felizes, estilo conto de fadas, também gosto de enredos mais cru, onde a realidade é mais presente, mesmo que isso faça meu coração ficar apertado.
    dica anotada.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro, mas só lendo a sinopse já me chamou a atenção. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa em saber toda essa loucura em que a personagem parece ter se metido. Me lembrou um pouco o relacionamento de Aria e Ezra, da série Pretty Little Liars? Você conhece? Lá ela também mente a idade, porém quando o conhece não faz a mínima ideia de que ele seria o seu professor de literatura. Gostei muito da sua resenha, parabéns!

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. OOi!
    Inicialmente a obra não despertou meu interesse pois imaginei que fosse algo bem romantizado. Mas quando disse que a autora não super romantizou me animou. Dica anotada!!! Não vejo a hora de saber o que acontece.

    ResponderExcluir
  13. oi
    Ainda não tinha me interessado por esse livro até ler sua resenha.
    Não gosto muito de romances, mas essa parte inovadora desse, mostrar o presente da protagonista e o nosso desejo pelo final feliz.
    Que bom que a autora não foca apenas no romances, senão não ia ler nunca.
    A capa eu não gostei, achei que alguma coisa ali não combinou.

    ResponderExcluir
  14. Olá! tudo bom?
    Nunca li esse livro, e para ser sincera não sabia de sua existência, mas parece ser ótimo, bem legal ele ser uma carta, gosto de livros assim. Sua resenha esta maravilhosa, fiquei bem curiosa. parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Eu acabei de adquirir esse livro e estou ansiosa para iniciar à leitura. Sua nota e você dizer que o final te destruiu só me deixa mais ansiosa pra começar hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Garotas inteligentes fazem muita merda, Maddie. RS
    Embora pareça clichê, tem tudo para ser bom. A começar pela capa.
    Entrou pra lista de desejados.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  17. Sou fanática por Pretty Little Liars e não pude deixar de notar a semelhança com Aria e Ezra. O gosto pelo proibido é o melhor mas confesso que sendo uma romântica incurável, provavelmente o final me desapontaria.

    ResponderExcluir
  18. Gosto muito de ler livros que tratam dos problemas com realidade, não com romantismo absurdo. Me interessei muito pela história, apesar de já imaginar o final, rs.

    ResponderExcluir
  19. De certa forma, me identifiquei um pouco com Madelyn, rs.
    Sei bem como é viver sobre pressão, viver para ter tudo perfeito, só com notas ótimas, chega uma hora que a gente explode.

    ResponderExcluir